AVALIAÇÃO DE VITIMIZAÇÃO E REVITIMIZAÇÃO EM ADOLESCENTES DE ANÁPOLIS E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE MENTAL: REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Jessyca Thays Freires dos Santos Faculdade Raízes
  • Margareth Regina Gomes de Faria
Palavras-chave: Vitimização; revitimização; adolescentes.

Resumo

O artigo de iniciação científica em comento teve como objetivo realizar uma revisão sistemática sobre violência, vitimização e revitimização de adolescentes. Foi realizada pesquisa nas bases de dados na Biblioteca Virtual em Saúde e na Biblioteca Digital brasileira de teses e dissertações. Foi realizada leitura integral dos trabalhos que atenderam os critérios de inclusão e exclusão, e por mais que cada tese ou artigo trabalhasse uma forma de violência diferente, é possível chegar a conclusão de que crianças e adolescentes ao terem contato com a violência, vivenciando ou testemunhando, possuem chances maiores de serem revitimizadas, visto que a violência leva à violência. Foi perceptível também, os danos a saúde mental de vítimas, visto que desencadeia aspectos psicopatológicos. Os resultados obtidos também visa a contribuir para elaboração de projetos de intervenção e combate à violência contra crianças e adolescentes. 

Publicado
2019-01-24