VARIAÇÕES DO NORMALIZED DIFFERENCE VEGETATION INDEX – NDVI DURANTE O CICLO DA CANA-SOCA EM CULTIVO CONVENCIONAL

  • Mylena Marques DORNELES
  • Maurício Oliveira Barros
  • Thayná Loritz Lopes Silva
  • Gustavo Henrique Mendes

Resumo

A cana-de açúcar é uma cultura perene e tem suas características varietais influenciadas pelo clima, manejo e práticas culturais, os índices de vegetação tem sido utilizados em áreas canavieiras no Brasil com o objetivo de minimizar os efeitos do solo no sinal da vegetação e incorporar uma constante de ajuste do solo (ZANZARINI et al., 2013; REGO et al., 2012; RAMOS et al., 2010; BIRTH; McVEY, 1968).

Os índices de vegetação foram desenvolvidos para avaliar a cobertura vegetal, diagnosticar o índice da massa foliar, biomassa, radiação fotossinteticamente ativa absorvida, produtividade, podendo também minimizar os efeitos da iluminação da cena e declividade na superfície que influenciam na reflectância da vegetação. Um desses índices é o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI) que permite avaliar o vigor vegetativo de culturas ou vegetação natural, facilitando assim a identificação de áreas com cobertura vegetal.

Com base no exposto objetivou-se com esse trabalho avaliar o perfil temporal do NDVI na cana-de-açucar ao longo das fases de desenvolvimento fenológico da cana utilizando imagens de satélite LANDSAT 8 Sensor OLI.

Publicado
2019-01-23