SUICÍDIO EM IDOSOS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Lorena Caetano Oliveira Silva
  • Renata Silva Rosa Tomaz

Resumo

O suicídio é designado como “ato deliberado executado pelo o próprio indivíduo, cuja intenção seja a morte, de forma consciente e intencional(CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, 2014). Resumidamente, pode ser definido como uma “violência auto infligida e um ato decidido” (CONTE et. al., 2012).

Segundo a OMS (2016), o coeficiente de mortalidade do Brasil, no ano de 2015, foi de 5,2 por 100.000 habitantes, o que o coloca em quinto lugar na lista de países com a maior taxa de suicídio. Os maiores índices de suicídio no território brasileiro, no período de 2011 a 2015, se encontravam no Rio Grande do Sul apresentando 10,3 óbitos por 100 mil habitantes, Santa Catarina, 8,8/100 mil habitantes, e Mato Grosso do Sul, 8,5/100 mil habitantes (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2017). No entanto, sabe-se que tais índices são subestimados, pois muitos são omitidos pelos familiares ou são decorrentes de falhas em atestados de óbito.

Publicado
2019-01-22