LESÕES CAUSADAS POR QUEIMADURA: revisão integrativa

  • Alexsandra dos Santos Ferreira
  • Sarah Sandres de Almeida Santos
  • Regina Ribeiro de Castro Lima
Palavras-chave: Queimaduras, Assistência hospitalar, Promoção da saúde

Resumo

Introdução: aproximadamente um milhão de pessoas são acometidas por queimaduras ao ano, a maioria de baixa gravidade, porém existem populações mais vulneráveis e a possibilidade de complicações e morte é uma realidade. As crianças, os idosos e as pessoas de baixa renda são mais propensas a queimadura. Essas lesões são dolorosas, podendo levar a morte, sequelas e incapacitações. (Brasil 2012; Brunner & Suddarth 2015; Phtls 2011). São de etiologias principalmente térmica, resultantes da exposição a chamas, líquidos ou superfícies quentes; a substâncias químicas, radiação, fricção violenta, plantas e animais tóxicos. A classificação da queimadura depende da extensão do comprometimento tecidual diante da exposição ao agente causador. A gravidade por sua vez, está relacionada em grande parte à extensão e profundidade das lesões, podendo desencadear distúrbios fisiopatológicos por perda de volume sanguíneo e infecções. (Brunner & Suddarth 2015; Phtls 2011). Destaca-se que o atendimento rápido e adequado ao queimado, representa significativa melhora no prognóstico de recuperação e de funcionalidade do local atingido. (Phtls 2011). Desse modo, estudos nessa área embasam ações de atualização e melhora na qualidade da assistência prestada nas unidades de saúde de atendimento aos queimados, fato que estimulou essa pesquisa a qual apresenta o objetivo de descrever sobre lesões por queimaduras. Metodologia: resumo expandido de revisão integrativa de referências científicas selecionadas com o tema queimaduras, de acordo com objetivos do estudo e o período temporal estabelecidos para utilização de publicações a partir do ano de 2010, as quais foram analisadas criticamente, sintetizadas e arquivadas em texto da Microsft Word. O resultado possibilita a produção de conhecimento científico significativo, mediante sua apresentação a comunidade científica e disponibilização eletrônica para profissionais interessados em atualizarem no assunto. (Souza et al. 2010) Essa descrição compõe o referencial teórico da pesquisa entitulada Atendimento ao queimado em uma unidade de saúde pública, produzida no Programa Voluntário de Iniciação Científica, no Curso de Enfermagem da UniEVANGÉLICA, no período de 2017 à 2018.

Referências

Brasil. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Especializada. Cartilha para tratamento de emergência das queimaduras. Brasília: Ministério da Saúde; [arquivo da internet] 2012. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_tratamento_emergencia_queimaduras.pdf Acesso 07 de ago. 2017.

Bolgiani & Serra. Atualização no tratamento local das queimaduras. Rev Bras Queimaduras. [artigo da internet] 2010;9(2):38-44. Disponível em: http://www.sbqueimaduras.com.br/revista/junho-2010/atualizacaonotratamentolocaldasqueimaduras.pdf Acesso 07 de ago. 2017.


Brunner & Sussarth. Tratado de enfermagem medico cirúrgica. 13ª ed. Revisão: Sonia Regina de Souza. Tradução: Patricia Lydie Voeux. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2015. Pág. 971- 997.

Leão et al . Epidemiologia das queimaduras no estado de Minas Gerais. Rev. Bras. Cir. Plást., São Paulo , v. 26, n. 4, p. 573-577 Dec. [artigo da internet] 2011 . Available from . access on 10 Oct. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-51752011000400006.

Montes et al. Aspectos clínicos e epidemiológicos de pacientes queimados internados em um Hospital de Ensino. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo , v. 45, n. 2, p. 369-373, Apr. 2011 . Available from . access on 05 Mar. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000200010.


Phtls. Atendimento pré-hospitalar ao traumatizado. PHTLS/ NAEMT. Queimadura. Trad. Renata Scavone et al. 7 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011. p.355- 375.

Silva et al. Feridas: fundamentos e atualizações em enfermagem. In AL Pazos O cliente vítima de queimadura. 3ª ed. São Caetano do Sul, São Paulo, Yendis Editora, [artigo da internet] 2011, p. 525-562.
Souza et al. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein, São Paulo , v. 8, n. 1, p. 102-106, mar. [artigo da internet] 2010 . Disponível em . acessos em 13 set. 2018. http://dx.doi.org/10.1590/s1679-45082010rw1134.
Publicado
2018-12-20
Seção
IX Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente – SNCMA