IMPLICAÇÕES DO TRATAMENTO ALTERNATIVO NO CÂNCER DE MAMA

  • Carolina Fachetti Loyola
  • Isabella Colicchio de Paula Costa
  • Laura Finotti Frausino
  • Leticia Loureiro Castro Real
  • Thais Carolina Alves Cardoso
  • Aline de Araújo Freitas Freitas
Palavras-chave: Medicina. Alternativa. Câncer. Mama. Plantas.

Resumo

O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres e decorre de uma neoplasia maligna na glândula mamária e pode levar à metástase e até ao óbito. O tratamento convencional normalmente envolve drogas, cirurgias, imunoterapias e radioterapias, entretanto, são limitados pelos efeitos colaterais negativos, como o efeito sobre células saudáveis e a produção de células hematopoiéticas. Os medicamentos complementares e alternativos (CAM) têm se tornado cada vez mais populares, apresentando-se, de maneira bem evidente em pacientes com câncer, como uma ferramenta de automedicação. Em relação aos tipos de tratamentos, existem os denominados “convencionais”, que são aqueles aceitos pela comunidade médica; os ditos “complementares”, que se caracterizam pela utilização conjunta às práticas convencionais e o tratamento “alternativo”, que é o que se utiliza em substituição da terapia convencional. Desse modo, objetiva-se com esse trabalho correlacionar o desenvolvimento do câncer de mama, as formas de tratamentos alternativos e a melhora dos pacientes. A metodologia utilizada baseia-se em uma revisão de literatura nos bancos de dados PubMed, com os descritores “medicina”, “alternativa”, “complementar”, “câncer”, “mama”, “plantas medicinais”.Em conclusão, o extrato etanólico de folhas frescas induziu uma morte celular programada por câncer de mama humano MDA-MB-231 via retículo endoplasmático e estresse oxidativo pela ativação de vias de sinalização extrínseca e intrínseca.

Referências

AVTANSKI D.; PORETSKY L.Phyto-polyphenols as potential inhibitors of breast cancer metastasis. Molecular Medicine, v. 24, n. 1, p. 29, 2018.
LOSADA-ECHEBERRÍA M.; HERRANZ-LÓPEZ M.; MICOL V et al. Polyphenols as promising drugs against main breast cancer signatures. Antioxidants, v. 6, n. 4, p. 88, 2017.
KOMONRIT P.; BANJERDPONGCHAI R.Effect of Pseuderanthemumpalatiferum (Nees) Radlk fresh leaf ethanolic extract on human breast cancer MDA-MB-231 regulated cell death. Tumor Biology, v. 40, n. 9, p. 1010428318800182, 2018.
DROZDOFF L., et al. Use of biologically-based complementary medicine in breast and gynecological cancer patients during systemic therapy. BMC complementary and alternative medicine, v. 18, n. 1, p. 259, 2018.
KIM JY., et al. Annona muricata Leaf Extract Triggered Intrinsic Apoptotic Pathway to Attenuate Cancerous Features of Triple Negative Breast Cancer MDA-MB-231 Cells. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, 2018.
Publicado
2018-12-27
Seção
XV Mostra de Saúde - 10 anos do Curso de Medicina