SÍNDROME COLESTÁTICA SECUNDÁRIA A TUMOR DE KLATSKIN EM PACIENTE COLECISTECTOMIZADA: UM RELATO DE CASO

  • Millena Justino Santos
  • Suzana Mundim Carneiro
  • Giovana Rosa Campos
  • Adryane Santos Araújo
  • Lilian Cassia Gomes Cintra
  • Danúbio Antonio de Oliveira
Palavras-chave: colangiocarcinoma; colangiocarcinoma intraductal; tumor de klatiskin.

Resumo

O colangiocarcinoma (CCA) é um câncer que surge da degeneração do epitélio das vias biliares, dos pequenos ductos biliares intra-hepáticos até́ o ducto biliar comum. Este trabalho relata o caso de uma paciente do sexo feminino de 78 anos, diagnosticada com um colangiocarcinoma. O CCA trata-se de um câncer de epitélio das vias biliares, que quando localizado na bifurcação dos ductos hepáticos é chamado Tumor de Klatskin (TK) ou peri-hilar, o qual apresenta baixa incidência mundial e elevada letalidade. A paciente apresentou perda de peso ponderal, 12 kg em 2 meses, constipação e dois episódios de êmese. Ao Exame Físico: bom estado geral, ictérica 2+/4+, hipocorada 1+/4, abdome globoso e doloroso difusamente, com massa palpável em hipocôndrio direito e icterícia em região periumbilical. Resultados dos exames: bilirrubina total, direta e indireta aumentadas, assim como transaminases e marcador tumoral CA 19-9; exames de imagem com dilatação de vias biliares intra-hepáticas e formação expansiva infiltrativa no hilo-hepático com extensão para o parênquima. O tratamento cirúrgico foi contraindicado em virtude das comorbidades apresentadas pela paciente, portanto foi lhe proposto terapêutica paliativa. Apesar do empenho da equipe de saúde na escolha da terapêutica mais indicada a paciente, o caso evoluiu de acordo com o previsto pela literatura existente, e a paciente veio à óbito.

Referências

DANI, R. Gastroenterologia Essencial. 4.ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2011.
GHOURI, Y.A.; MIAN, I.; BLECHACZ, B. Cancer review: Cholangiocarcinoma. Journal of Carcinogenesis, v.14, 2015.
KLATSKIN, G. Adenocarcinoma of the Hepatic Duct at Its Bifurcation Within the Porta Hepatis An Unusual Tumor with Distinctive Clinical and Pathological Features. The American journal of medicine, v.38, 1965.
KÖHLER, B. C.; et al. An undifferentiated carcinoma at Klatskin-position with long-term complete remission after chemotherapy. Oncotarget, v.9, n.31, p. 22230-22235, 2018.
MÉNDEZ, F. H. Hilar cholangiocarcinoma (Klatskin tumor). Revista Clínica de Medicina da Família, v. 7, n. 1, 2014.
MOLLINA, V.; et al. Surgical treatment of perihilar cholangiocarcinoma: early results of en bloc portal vein resection. Langenbeck's Archives of Surgery, v.402, n. 1, p.95–104, 2016.
OLIVEIRA, I.S.; et al. Cholangiocarcinoma: classification, diagnosis, staging, imaging features, and management. Abdominal radiology, v.42, p.1637-1649, 2017.
SAN JUAN, L.B. Colangiocarcinoma. Actualización, diagnóstico y terapia. Rev. méd. Chile v.136 n.2, 2008.
SHARMA, P.; YADAV, S. Demographics, tumor characteristics, treatment, and survival of patients with Klatskin tumors. Ann Gastroenterol, v.31, n.2, p. 231–236, 2018.
SOARES, K. C.; et al. Hilar cholangiocarcinoma: diagnosis, treatment options, and management. Hepatobiliary Surg Nutr, v.3, n.1, p.18–34, 2014.
Publicado
2018-12-27
Seção
XV Mostra de Saúde - 10 anos do Curso de Medicina