SÍNDROME DE WOLFF-PARKINSON-WHITE E DIAGNÓSTICO ELETROCARDIOGRÁFICO: UM RESUMO EXPANDIDO

  • Gabriel Pereira da Silva Brito
  • Augusto Wagner dos Santos Nunes
  • Geraldo Santana Xavier
  • Humberto Cavalcante Hourani
  • Vinícius Nogueira Borges
  • Denis Masashi Sugita
Palavras-chave: Wolff-Parkinson-White. Vias acessórias. Ondas delta.

Resumo

A síndrome de Wolff-Parkinson-White (WPW) é uma forma de arritmia causada pela presença de fibras que conduzem sinais pré-excitáveis diretamente do átrio para o ventrículo. O objetivo desse estudo é comparar o diagnóstico etiológico e eletrofisiológico da WPW. Utilizou-se como metodologia para realização do resumo expandido a busca de artigos nos indexadores Pubmed, Cambridge Core, Google Acadêmico e Scielo. A partir da análise dos estudos de pacientes diagnosticados com WPW nestes exames, foi possível verificar que o ECG é menos seguro por não ser tão sensível e específico para localização das vias acessórias, quanto o EEF.

Referências

BENSON, D. W.; COHEN, M. I. Wolff–Parkinson–White syndrome: lessons learnt and lessons remaining. Cardiology in the Young, 27(S1), S62–S67, 2017.
MAHAMAT, H. A., et al. S. Wolff-Parkinson-White (WPW) syndrome: The detection of delta wave in an electrocardiogram (ECG). 2016 38th Annual International Conference of the IEEE Engineering in Medicine and Biology Society (EMBC), 2016.
TEIXEIRA, C. M., et al. Accuracy of the Electrocardiogram in Localizing the Accessory Pathway in Patients with Wolff-Parkinson-White Pattern. Arq Bras Cardiol, 2016.
ICEN, Y. K., et al. Delta wave notching time is associated with accessory pathway localization in patients with Wolff-Parkinson-White syndrome. Journal of Interventional Cardiac Electrophysiology, 2018
LEE, H-J., et al. Detecting Regional Myocardial Abnormalities in Patiens With Wolff-Parkinson-White Syndrome With the Use of ECG-Gated Cardiac MDCT. Cardiopulmonary Imaging, 2016.
Publicado
2018-12-27
Seção
XV Mostra de Saúde - 10 anos do Curso de Medicina