ANÁLISE DA PROFILAXIA PRÉ-EXPOSIÇÃO PARA HIV

Autores

  • Julia Sousa Rocha
  • Julia Sousa Rocha
  • Maria Eduarda Port
  • Maria Eduarda Port
  • Mariana Evaristo Leite
  • Naiza Murielly Pereira Borges
  • Yago José Fagundes De Freitas
  • Cristiane Teixeira Vilhena Bernardes

Palavras-chave:

PrEP. HIV. Prevenção. Antiretrovirais.

Resumo

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é o causador da Síndrome da Imunodeficiência adquirida (AIDS). Esses termos não são sinônimos e, destarte, há muitos pacientes infectados pelo vírus que vivem anos sem apresentar sintomas ou desenvolver a doença, mas podem transmitir o vírus a outras pessoas, principalmente pelas relações sexuais desprotegidas. Assim, o uso de uma medicação profilática, principalmente para grupos de maior risco, é fundamental. O Brasil é referência no tratamento para HIV, pois foi o primeiro país da América Latina a oferecer tratamento antirretroviral gratuito para portadores do vírus, e participou da Iniciativa de Profilaxia Pré-Exposição (iPrEx), estudo que provou a eficácia da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) que envolveu diversos outros países do mundo. Inclui-se aos estudos a utilização de medicação para prevenção de infecções, distribuída pelo sistema público, que ainda é pouco conhecida pela população.  Diante disso, o estudo tem por objetivo apresentar qual é a demanda populacional, os grupos de risco e os medicamentos mais utilizados na PrEP. Trata-se de um resumo expandido, a partir de 5 artigos selecionados nas bases de dados PubMed e Science Direct, utilizando os descritores: pre-exposure prophylaxis (PrEP); HIV; prevention; antiretrovirals, com seleção de artigos publicados entre 2015 e 2018. Concluiu-se que o uso da PrEP apresentou média adesão e motivos de desistência, principalmente entre os grupos de risco. Por fim, entre aqueles que fizeram uso dos antirretrovirais, fez-se uma relação entre a quantidade de infectados pelo HIV e por doenças sexualmente transmissíveis, e apesar da associação numérica, não há vínculo comprovado. 

Referências

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria em vigilância em saúde. Departamento em vigilância.Prevenção e controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) de Risco à Infecção pelo HIV. Brasília: Ministério da Saúde, 2018.
HOAGLAND, B., et al. Awareness and Willingness to Use Pre-exposure Prophylaxis (PrEP) Among Men Who Have Sex with Men and Transgender Women in Brazil. AIDS and behavior, v. 21, n. 5, p. 1278-1287, 2017.
HOAGLAND, B., et al. High pre-exposure prophylaxis uptake and early adherence among men who have sex with men and transgender women at risk for HIV Infection: The PrEPBrasil demonstration project. Journal of the International AIDS Society, v. 20, n. 1, 2017.
KUMAR, Vinay; ABBAS, Abbas; ASTER, Jon C. Robbins &CotranPatologia-Bases
Patológicas das Doenças. 9ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier Brasil, 2018.
LIU, A.Y., et al. HIV Pre-Exposure Prophylaxis Integrated with Municipal and Community Based Sexual Health Services. JAMA Internal Medicine, v. 176, n. 1, p. 75-84, 2016.
LUZ, P.M., et al. PrEP adopted by the brazilian national health system. Medicine, v. 97, n. 1S (Suppl 1), p. S75-S77, 2018.
Ministério da Saúde: Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/noticias/prep-esta-disponivel-em-36servicos-do-sus-partir-deste-mes. Acesso em: 01/11/2018.
Ministério da Saúde: Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. Disponívelem:http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/prevencaocombinada/profilaxia-pre-exposicao-prep. Acessoem: 20/10/2018.
NGUYEN, V.K., et al. Incidence of sexually transmitted infections before and after preexposure prophylaxis for HIV. AIDS, v. 32, n. 4, p. 523-530, 2018.
RAVASI, G., et al. Towards a fair consideration of PrEP as part of combination HIV prevention in Latin America. Journal of the International AIDS Society, v. 19, n. 7, (Suppl 6), p. 21113, 2016.

Downloads

Publicado

2022-04-22

Edição

Seção

XV Mostra de Saúde - 10 anos do Curso de Medicina