A UTILIZAÇÃO DA CIF NAS PRÁTICAS FISIOTERAPÊUTICAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

  • Amanda Lustosa Pires
  • Rayanne Cristina Cunha
  • Dielha Nunes Martins
  • Lorrane Pereira dos Santos
  • Mayara Juventino Viana
  • Vanessa de Almeida e Silva
  • Wesley dos Santos Costa
  • Rodrigo Franco de Oliveira

Resumo

Introdução: A Classificação Internacional de Funcionalidade Incapacidade e Saúde (CIF) possui maior enfoque em saúde e em funcionamento do que em incapacidade, entende-se por funcionamento às funções corporais, as atividades e a participação, e por incapacidade as deteriorações, limitação de atividades e restrição de participação. Portanto, engloba uma perspectiva de saúde corporal, individual e social. Considerando também, os fatores contextuais ambientais ou externos e pessoais ou internos. Objetivo: Revisar as abordagens de diversas condições de saúde interligadas a CIF. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura na qual foi realizada a busca de artigos sobre a CIF em bases científicas tais como Scielo, Lilacs e Google Schollar, inclusos os artigos publicados entre os anos de 2014 e 2017 referentes ao tema. Os descritores aplicados para a busca foram “CIF”, “funcionalidade”, e “saúde” combinados na língua inglesa, portuguesa e espanhola. Resultados: Inicialmente foram selecionados 15 artigos, após análise dos mesmos, foram excluídos 05 por não serem relevantes para o presente estudo. Através da leitura foram incluídos 10 que preenchiam os critérios de inclusão.  Dos 10 artigos 02 tratavam da CIF em seu todo, e os demais abordavam diversas condições de saúde. A CIF categoriza estados de saúde a partir da concepção do corpo, do indivíduo e da sociedade, provando de informações sobre as reflexões da doença e dos constituintes de saúde que atingem a funcionalidade, as atividades e a participação. Propicia um vocabulário padrão e um quadro teórico unificado, para caracterização de estados de saúde de indivíduos e populações, e retrata o importante conceito de que a saúde é mais do que a ausência de doenças. Conclusão: Conclui-se que a CIF busca um olhar holístico da saúde, possibilitando aliar o aspecto orgânico com a funcionalidade e fatores contextuais, para oferecer aos seus pacientes, um diagnóstico funcional com abordagem integral e humanizada, oferecendo melhor aprimoramento na assistência à saúde.

Publicado
2019-01-02
Seção
XV Mostra Acadêmica do Curso Fisioterapia