RECURSOS TERAPÊUTICOS ALTERNATIVOS NA ÁREA DE DERMATOFUNCIONAL

  • Lorena Ferreira Bastos
  • Laís Cisas do Bonfim
  • Brenda Maria de Almeida Maximiano
  • Marcos Henrique Sousa Lôbo
  • Gleison Cândido Oliveira
  • Miriã Cândido Oliveira
  • Luana Thaísa Almeida Piacenti
  • Anna Bárbara Caixeta Silva
  • Igor Evangelista Silva
  • Vaneide Caldas Martins
  • Kelly Cristina Borges Tacon

Resumo

 

Introdução: A Dermatofuncional é uma especialidade do fisioterapeuta, reconhecida pelo COFFITO em maio de 2009, por meio da resolução 362/09. É uma área que atua na prevenção, promoção e recuperação do indivíduo no que se refere aos distúrbios endócrino-metabólicos, circulatórios e musculoesqueléticos.  Esta especialidade oferece tratamentos de disfunções estéticas e funcionais da pele, promovendo a melhora da saúde e do bem-estar. No entanto, por conter instrumentos de alto custo e difícil acesso, a fisioterapia pode utilizar-se de materiais alternativos. Objetivos: Confeccionar recursos terapêuticos através da utilização de materiais alternativos e acessíveis na área da Dermatofuncional. Métodos: Inicialmente foi realizada uma pesquisa em base de dados, Scielo, Birene, com descritores em saúde: modalidades de fisioterapia, recursos, tratamento e alternativos. Além de uma entrevista com um profissional da área para decidirmos quais os recursos a serem confeccionados. Os recursos confeccionados foram o Exercitados de Dedos, a Espaldeira Axilar e o Rolo de Bambu, produzidos em sala no dia 19 de abril de 2018. Para o Exercitador de dedos, foi utilizado velcro e elásticos, cortados de forma que ficasse fixo a uma parte no punho e outras na ponta dos dedos. Na Espaldeira Axilar foi utilizado espuma de estofado, tecido e velcro, onde preenchemos o tecido com a espuma, logo após foi anexado ao velcro em forma de oito. Para o Rolo de Bambu, foi cortado na medida 18 cm. Os recursos confeccionados serão apresentados através de mesa demonstrativa. Resultados: Através dos recursos produzidos, pode-se perceber que recursos alternativos podem ser viáveis e reprodutíveis pelo seu baixo custo, facilidade na confecção dos mesmos, e também , por exemplo uma variação anatômica, onde os recursos precisam ser adaptados a cada paciente, e nem todos é possível fazer esse ajuste. Conclusão: Recursos alternativos representam uma opção no tratamento, porém, suas limitações precisam ser levadas em consideração na escolha de recurso.

Publicado
2019-01-09
Seção
XV Mostra Acadêmica do Curso Fisioterapia