CONFECÇÃO DE MODELO ANATÔMICO PARA CONTRIBUIR NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA DE ANATOMIA HUMANA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Anna Lara Carísio Batista
  • Kimberly Neves Reis
  • João Martins de Oliveira Filho
  • Luane Damásio Nogueira
  • Marina Gomes Alves
  • Daniella Alves Vento
  • Wesley dos Santos Costa
Palavras-chave: Modelo Anatômico. Criatividade. Aprendizado.

Resumo

Introdução: A Anatomia Humana é uma matéria básica para a formação de qualquer profissional da área da saúde, apontada pelos discentes como uma das disciplinas mais difíceis de sua matriz curricular. A partir da crescente procura de alunos que pretendem se tornar profissionais da área da saúde, as peças anatômicas disponíveis nas instituições de ensino se tornam poucas. Cabe aos docentes e acadêmicos, pensar em novas ações que facilitem o processo de ensino-aprendizagem da parte prática da disciplina de Anatomia Humana. Objetivo: O propósito do presente estudo foi relatar a experiência dos acadêmicos na criação de um modelo anatômico para contribuir no processo de ensino-aprendizagem da matéria de Anatomia Humana. Metodologia: O modelo anatômico foi confeccionado por acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia representados pela “Liga de Anatomia Humana da UniEVANGÉLICA – LAHUNI” do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA, entre março e abril de 2018. Para a produção da peça foi utilizado um manequim e tintas a óleo. Primeiramente os discentes estudaram o sistema musculoesquelético para evidenciar a topografia exata de cada estrutura antes de pintar. Desenhou-se o contorno em seus mínimos detalhes e após pintou as estruturas musculares e ósseas presentes na peça. Além do estudo prévio, foi fotografado peças anatômicas para servir de base para a pintura. Resultado: O modelo ficou pronto no dia 25 de abril de 2018 e foi apresentado na aula introdutória da LAHUNI como doação da liga para a UniEvangélica, nomeado como “Anato”. A confecção serviu para agregar mais uma peça anatômica para a instituição. Os alunos que participaram da criação do modelo anatômico tiveram a oportunidade de praticar leituras diárias, debates entre os colegas sobre o tema, produzindo estímulos cognitivos intensos o que induziu a um aperfeiçoamento prático-teórico sobre sistema musculoesquelético. O modelo anatômico criado poderá ser utilizado para os projetos de extensão destinados ao ensino de Anatomia Humana, ampliando o ensino da disciplina para a comunidade. Conclusão: Portanto, a criação de modelos anatômicos além de ampliar as formas de estudo prático, possibilita maior aprendizado da disciplina e estimula a formação de profissionais criativos que não dependem de materiais de alto custo para aprender ou ensinar anatomia.

Publicado
2019-01-09
Seção
XV Mostra Acadêmica do Curso Fisioterapia