HUMANIZAÇÃO NOS CUIDADOS PALIATIVOS EM PACIENTES ONCOLÓGICOS

  • Bruno Martins de Oliveira
  • Daniel Flávio Gomes de Jesus
  • Gabriel Sanches Silva
  • Iwgor Lopes Campos Martins de Diniz
  • Pedro Paulo Oliveira Mota
  • Maike Tayone Palmeira Mendonça
  • Michael Alexandre Rodrigues Silva
  • Cecília Magnabosco Melo
  • Viviane Lemos da Silva Fernandes
  • Ilana de Freitas Pinheiro

Resumo

Introdução: Os cuidados paliativos constituem um campo interdisciplinar de cuidados gerais que visam uma assistência peculiar e humanizada do sujeito, buscando a atenuação da dor na fase avançada da doença. O objetivo deste trabalho foi verificar como se estabelecem as relações interpessoais entre profissionais da saúde e o paciente oncológico, bem como investigar possíveis formas de estimular a humanização na assistência á saúde. Métodos: Tratou-se de uma revisão bibliográfica na qual se utilizou as bases de dados LILAS e Scielo, para a busca de artigos referentes ao tema publicado entre 2013 a 2018. Os descritores utilizados foram: “Humanização da assistência”,” Cuidados Paliativos” e “Pacientes Oncológicos”, de forma combinada e na língua inglesa e portuguesa. Foram escolhidos 5 artigos que mais se adequaram ao tema. Foram descartados artigos que não se enquadraram no período supracitado e artigos não específicos da área de humanização. Resultados: Foram encontrados 15 artigos. Destes foram escolhidos 5 artigos que mais se adequaram ao tema. A maioria dos pacientes aprova a forma em que foi informado o diagnóstico pelo médico. É importante considerar as necessidades individuais do paciente em todo o seu ser e contexto biopsicossocial e abordar o cuidado paliativo de uma maneira mais ampla. Conclusão: A necessidade da humanização nos cuidados paliativos em pacientes oncológicos não devem ser feitos conforme os padrões e protocolos. Deve-se levar em consideração o lado humano, nas dimensões física, psíquico, social e espiritual.

Referências

terminalidade da vida. Revista Bioética, v. 25, n. 2, p. 392-401, 2017.

SANTOS, Naira; PASSOS, Joanir; SILVA, Vagnára et al. Ocuupational stress in in palliative care in oncology, Cogitare Enfermagem, v. 22, n. 4, 2017.

SILVIA, Cinthia; SANTOS, Antônio; ALMEIDA, Liz; ANDRADE, Joecy; SILVA, Rildo. Significado dos Cuidados Paliativos para a Qualidade da Sobrevivência do Paciente Oncológico. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 62, n. 3, p. 225-235, 2016.

MARTINS R.S.; CORREA JÚNIOR A.J.S.C.; SANTANA, ME. Corporeidade de adoecidos oncológicos em cuidados paliativos domiciliares: a vivência de familiares cuidadores. Revista Online de Pesquisa: Cuidado é Fundamental, v. 10, n. 2, 423-431, 2016.

PILATTIA, Patrícia; LAGNIA, Verlaine; PUMAB, Karen; MAHMUDA, Sati; JARDIMA, Gislaine. Cuidados paliativos oncológicos em um serviço público de atenção domiciliar. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, v. 12, 39, p.1-10, 2017.
Publicado
2019-01-09
Seção
XV Mostra Acadêmica do Curso Fisioterapia