USO DA METODOLOGIA ATIVA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

  • Meillyne Alves dos REIS
  • Poliane Aglece da Silva SANTOS
Palavras-chave: Metodologia. Metodologia Ativa. Educação em Enfermagem. Ensino de Enfermagem.

Resumo

INTRODUÇÃO: As metodologias ativas de ensino-aprendizagem, particularmente com enfoque problematizador, vêm sendo utilizadas na formação e capacitação de profissionais de saúde, como estratégia voltada à integração de saberes e à promoção de uma atitude crítica e reflexiva sobre a prática. No ensino da graduação em Enfermagem, é uma importante ferramenta para estimular o raciocínio crítico-reflexivo do graduando e atender ao perfil profissional proposto pelas Resolução CNE/CES nº 3, de 7 de novembro de 2001, que se encontra estabelecido no artigo 3 das Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem (DCNs). OBJETIVO: Descrever a aplicabilidade da metodologia ativa nos cursos de graduação em enfermagem para a obtenção das habilidades e competências necessárias ao profissional enfermeiro em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs). METODOLOGIA:Trata-se de uma revisão integrativa da literatura composta de artigos publicados na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e disponíveis em texto completo nas bases de dados: LILACS, Medline e BDENF,  no período entre 2010-2016. Dentre os critérios de busca adotaram-se artigos na íntegra publicados em português; dentre os critérios de exclusão adotaram-se: artigos em outros idiomas que não contemplavam o período proposto e que não respondiam o objeto de estudo. Para análise dos dados adotou-se as recomendações de Mendes et al. (2008). RESULTADOS: Os dados foram organizados em tabelas, quadros sinópticos, figuras e posteriormente categorizados. Foram incluídos quinze artigos no presente estudo. A partir da análise crítica e detalhada dos artigos submergiram as seguintes categorias: Novas descobertas e desafios do processo ensino aprendizagem nos cursos de graduação em enfermagem; e Estratégias de ensino-aprendizagem nos cursos de graduação em enfermagem. CONCLUSÃO: O estudo evidenciou dificuldades em relação aos métodos ativos de ensino/aprendizagem na formação do enfermeiro, as instituições de ensino e os próprios docentes tem que pensar, e repensar na construção de novas viabilidades de ações que modificam a maneira de atuação para o alcance do sucesso no processo de ensino-aprendizagem.

Publicado
2019-01-07
Seção
II Simpósio de Produção Científica do Curso de Enfermagem da UniEVANGÉLICA