OS SORRISOS DOS “BRASIS” – UM VIVA PARA A DIVERSIDADE

  • Amanda Vilela da Silva
  • Ana Carolina de Morais Silva
  • Beatriz de Amorim Santos
  • Geysa Francinny Facundo do Vale
  • Maria Luisa Fernandes Oliveira
  • Mirelly Lorrayne Soares
  • Naira Geovana Camilo
  • Pedro Santos Alves Carmo
  • Renata Oliveira de Sousa
  • Leandro Brambilla Martorell
  • Cristiane Martins Rodrigues Bernardes
  • Moema Souza

Resumo

Uma exposição fotográfica de sorrisos é capaz de mostrar a grande diversidade e desigualdade, pois é notória que a inclusão social têm sido um tema bastante abordado por ser um método de combate à exclusão que está diretamente relacionada com as desigualdades seja ela econômica ou social principalmente de gênero e de raça. Com o aumento das desigualdades, a exclusão passa a afetar na qualidade de vida do ser humano, e sabendo que saúde não depende somente da ausência de doenças, mas também se relaciona com a qualidade de vida das pessoas, incluindo suas condições de moradia, trabalho, acesso ao lazer dentre outros, o Cirurgião Dentista tem papel fundamental na luta contra as desigualdades para assegurar a saúde como um direito social de todos, considerando que a estética e a perda dentária são os principais fatores que afetam diretamente as relações sociais da população devido ao seu impacto negativo para a autoestima. A fotografia diante da exclusão social pode contribuir por congelar um momento em que exista flagrante episódio de desigualdade que muitas vezes estão naturalizados pelos olhares velozes da vida cotidiana. Pensando nisso, a exposição tem como objetivo relacionar a fotografia com a odontologia através de fotos que demonstrem os diferentes tipos de sorrisos em diferentes pessoas com diferentes costumes, de diferentes cores, religiões e condições econômicas. Para a obtenção das fotos, foram selecionadas pessoas aleatórias e/ou da família dos constituintes do trabalho, depois de assinarem um termo de autorização na qual garantia seu anonimato. A exposição contou com um total de quarenta e três fotografias as quais foram realizas com três máquinas fotográficas reveladas em tamanho 20x30 cm. O resultado esperado foi alcançado, pois a exposição dos diversos sorrisos chamou a atenção dos expectadores de forma positiva. Conclui-se então que apesar da grande diversidade existente no Brasil, é possível torná-la insignificante aos olhos de quem vê.

Palavras-Chave:Diversidade; Fotografia; Inclusão; Desigualdade.

Publicado
2019-01-10
Seção
V Mostra Cultural do Curso de Odontologia