A EXPERIÊNCIA DA HEMODIÁLISE E MUDANÇA DE VIDA

UMA REVISÃO DA LITERATURA

  • Rosana Mendes Bezerra
  • Ana Cláudia Campos Ferreira da HORA
Palavras-chave: Hemodiálise. Enfermagem. Qualidade de vida

Resumo

Introdução: A insuficiência renal é uma doença carac­terizada pela rápida redução da função re­nal, tendo como resultado a diminuição da urina e a perda da interna, ou seja, perda do equilíbrio químico e do fun­cionamento normal do organismo, até a pa­ralisação quase total de funcionamento renal, fazendo com que o seu portador adquira diversas incapacida­des, que na maioria das vezes, exigem períodos longos de acompanhamento (NEPOMUCENO et al., 2014 ). Objetivo geral :Descrever frente a literatura científica como a hemodiálise influencia na mudança de vida do paciente. Objetivos específicos: Identificar as mudanças que ocorrem no cotidiano de pacientes com insuficiência renal crônica; Compreender os sentimentos expressos pelos os pacientes submetidos a hemodiálise. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura (MENDES; SILVEIRA; GALVÃO, 2008). Resultados: Foram selecionados 8 artigos científicos no idioma português entre os anos de 2011 a 2016, disponibilizados gratuitamente com utilização dos descritores hemodiálise, qualidade de vida e enfermagem, na Biblioteca virtual em saúde (BVS) e na Scientific Eletronic Library Online (SCIELLO). Após a análise dos dados chegou-se a duas categorias analíticas:1 Mudanças na vida cotidiana e 2 Expectativa de vida. Na primeira categoria foi observado que atividades cotidianas e laborais foram prejudicadas. Na segunda categoria Expectativa de vida, relacionam-se a adaptação da nova vida com mudanças de hábitos alimentares, condições socioeconômicas, afastamento do trabalho e dificuldade de vida afetiva. Considerações finais: Ficou evidenciado que após o início da hemodiálise a vida do hemodialítico sofre transformações bruscas. Questões alimentares, familiares, sociais e financeiras levam o indivíduo a readequação e adaptação a essa nova realidade. A equipe de saúde é fator importante para auxilio a essas novas adequações e necessidades, pois promove apoio e orientações que auxiliam na melhoria da qualidade de vida do hemodialítico.

Referências

MENDES, Karina Dal Sasso; SILVEIRA, Renata Cristina de Campos Pereira; GALVAO, Cristina Maria. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 17, n. 4, p. 758-764, Dec. 2008 . Available from . Acesso em 23 abril 2018. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018.
NEPOMUCENO, Fabio Correia Lima et al . Religiosidade e qualidade de vida de pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise. Saúde debate, Rio de Janeiro , v. 38, n. 100, p. 119-128, Mar. 2014 . Available from . access on 03 abr. 2018. http://dx.doi.org/10.5935/0103-104.20140006.
Publicado
2019-01-08
Seção
II Simpósio de Produção Científica do Curso de Enfermagem da UniEVANGÉLICA