BATERIA, INTEGRAÇÃO, INCLUSÃO E SOCIALIZAÇÃO

  • Anna Karollyna Gomes de Souza
  • Gabriel Bruno Silva
  • Gabriella Rocha Linhares
  • Gabriella Ribeiro Borges
  • Heitor Fernandes Velasco
  • Isabella Nair Rosa de Sousa
  • João Victor Ferreira Santos
  • Julia Luiza Moreira Del Fiaco
  • Juliana de Oliveira Melo Cipriano
  • Laura Carvalho Santos
  • Luis Fernando Oliveira Castro
  • Pedro Henrique Lima de Macedo
  • Thatyla Rodrigues da Silva
  • Tulio Silva Santana
  • Valter Miron Stefani

Resumo

A pergunta “o que é musica" tem sido alvo de discussão há décadas. Alguns autores defendem que a música e a combinação de sons e silêncios de uma maneira organizada. Porém, definir música não é algo tão simples e óbvio assim. De uma maneira mais didática e abrangente, a música é composta por melodia, harmonia e ritmo, sendo que melodia é a voz principal do som, é o que pode ser cantado, harmonia, é uma sobreposição de notas que servem de base para a melodia, é o ritmo, é a marcação do tempo de uma musica. Assim como o relógio marca as horas, o ritmo nos diz como acompanhar a musica. A sociedade hodierna, tem utilizado a música de várias formas com várias funções, músicas  para socialização , músicas para atividades físicas, músicas como terapia e entre outros, pra onde quer que olhe haverá música nos carros, nas ruas e  vários outros lugares. A música vem como uma forma de fazer com que as pessoas possam se integrar e se unir, quando surge uma música conhecida por várias pessoas em um ambiente, nota-se sussurros e de repente um coro completo de várias vozes que cantam a letra em conjunto ou até mesmo danças . A bateria que é composta por instrumentos de percussão, como surdos, rocares (chocalho), caixas, tamborins e agogô, que acompanhado de cada instrumento traz um percursionista e um ritmista que marca o ritmo dos instrumentos, no caso da bateria do curso de odontologia  do Centro universitário de Anápolis Uni-EVANGÉLICA , conhecida como BROCADORA, vem unindo alunos do curso de odontologia de vários períodos do curso, fazendo com que haja integração, inclusão e socialização, entre os acadêmicos, por meio desta união surge um trabalho interessante, com a junção do ritmo da música e de seus participantes vem os termos citados anteriormente, integração, inclusão e socialização  que contribuem para que haja uma imersão dos acadêmicos no mundo musical, a fim de espairecer dos estresses do dia a dia, da cidade grande e da graduação, preservando o bem estar emocional e psicológico, muitas vezes funcionando como uma válvula de escape.Portanto, concluímos que a musica é de fundamental importância em vários aspectos, e que ajuda bastante nesse quesito integração da sociedade com esse tipo de cultura musical, e que a bateria da odontologia tem trago para os acadêmicos novos laços entre si.

 

Palavras-Chave: Música. Inclusão. Socialização. Integração.

Publicado
2019-01-10
Seção
V Mostra Cultural do Curso de Odontologia