O USO DO EXAME CLÍNICO OBJETIVO E ESTRUTURADO (OSCE) NA DISCIPLINA DE ENDODONTIA DO CURSO DE ODONTOLOGIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS

  • Bruno Francisco Carvalho de Oliveira
  • Helder Fernandes de Oliveira
  • Gilzele Nascimento Melazo Ribeiro
  • Mônica Misaé Endo
  • Giulliano Caixeta Serpa
Palavras-chave: Aprendizagem. Endodontia. Exame objetivo estruturado. Processo avaliativo.

Resumo

Dentro do perfil egresso/profissional preconizados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia e pelo Curso de Odontologia da UniEVANGÉLICA, entende-se que o acadêmico deve adquirir competências e habilidades gerais relativas à tomada de decisões e específicas no que tange respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional, propor e executar planos de tratamento adequados, aplicar conhecimentos de saúde bucal, de doenças e tópicos relacionados no melhor interesse do indivíduo e da comunidade, cumprir investigações básicas e procedimentos operatórios, promover a saúde bucal e prevenir doenças e distúrbios bucais, obter e eficientemente gravar informações confiáveis e avaliá-las, organizar, manusear e avaliar recursos de cuidados de saúde efetiva e eficientemente, reconhecer suas limitações e estar adaptado e flexível face às mudanças circunstanciais. Visando avaliar se o aluno preenche todos esses conceitos previstos no projeto pedagógico do curso de Odontologia, foi instituído o OSCE como uma das formas de avaliação das competências exigidas pelas diretrizes curriculares nacionais. Este exame é aplicado e compõe a nota da terceira verificação de aprendizagem de todos os períodos do curso de Odontologia do Centro Universitário de Anápolis. No inicio do semestre letivo, durante a leitura do plano de ensino, é então explicado ao acadêmico o objetivo, método de avaliação, aplicabilidade e peso dessa metodologia avaliativa em cada período correspondente. Especificamente na disciplina de Endodontia, ocorre um exame estruturado específico do conteúdo da disciplina, que acaba agindo como uma preparação para exame estruturado objetivo de todas as disciplinas do semestre letivo ao qual o acadêmico está cursando. Durante a aplicação do OSCE na disciplina de endodontia é feito o enfoque em questões práticas que leva o aluno a aplicar o conhecimento adquirido em sala de aula, em situações clínicas que levam a tomada rápida de decisão e capacidade de raciocínio levando-o a revisar todo o conhecimento prévio adquirido de maneira multidisciplinar. Após a implementação do exame estruturado objetivo, foi notado o aumento da capacidade de raciocínio logico e estruturação de diagnóstico de todos os alunos, caracterizando então o sucesso deste exame na disciplina e em todo curso de Odontologia.

Publicado
2019-01-10
Seção
XI Seminário de Saberes e Práticas Docentes do Curso de Odontologia