CUIDANDO DO CUIDADOR”: UMA EXPERIÊNCIA GRUPAL REALIZADA NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

  • Alice Guimarães
  • Karla Morais
  • André Roza
  • Leonardo Pádua
  • Fernando Figueiredo dos Santos e Reis
Palavras-chave: Cuidador, Bem-estar, Saúde e Qualidade de vida

Resumo

Este trabalho trata-se de um relato de experiência realizado no campo de prática de estágio supervisionado de psicologia 2018/1 e 2018/2. A proposta de se voltar à atenção também a saúde do profissional, faz-se necessária uma vez que este se depara com diversas dificuldades no seu ambiente de trabalho, que podem afetá-lo de modo psíquico, físico e emocional. O projeto de intervenção em grupo objetiva propiciar momentos de discussão, escuta e acolhimento, promovendo o bem-estar e qualidade de vida; possibilitando um espaço terapêutico para que as pessoas possam trocar experiências, desenvolver suas potencialidades e autonomia, possibilitando formas de manejar e reelaborar vivências, estimulando a reflexão junto à equipe da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Por meio das intervenções foi observado processo gradativo quanto ao desenvolvimento de maior autonomia e coesão do grupo, assimilação e autorresponsabilização dos profissionais quanto às demandas da Unidade de Saúde, contribuindo para maiores vivências em grupo, gerando qualidade de vida. 

Referências

OLIVEIRA, T T S S.; LEME, F R da G, & GODOY, K R G. O cuidado começa na escuta: profissionais de saúde mental e as vicissitudes da prática. Mental, 7(12), 119-138. 2009. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-44272009000100007&lng=pt&tlng=pt. acesso 17 de ago. 2018

MARTELLET, E C, MOTTA, R F, & CARPES, A D. A saúde mental dos profissionais da saúde e o programa de educação pelo trabalho. Trabalho, Educação e Saúde, 12(3), 637-654. 2014. Disponível em: . acesso em 18 de ago. 2018.

MORAES, F et al. Estratégias de coping utilizadas por trabalhadores de Enfermagem em terapia intensiva neonatal. REME – Rev Min Enferm., UFMG. 2016. Disponível em: < http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20160036>. Acesso em 21 de mar. 2018.

SILVA, C R C, MENDES, R, MORAES, R C P de, ANHAS, D de M, & ROSA, K R M. Participação social e a potência do agente comunitário de saúde. Psicologia & Sociedade, 26(spe2), 113-123. 2014. Disponível em: . Acesso em 20 de ago. 2018.

SOUZA, L R de; et. al. Sobrecarga no cuidado, estresse e impacto na qualidade de vida de cuidadores domiciliares assistidos na atenção básica. Cad. Saúde Colet: Rio de Janeiro, p. 140-149. 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/cadsc/v23n2/1414-462X-cadsc-23-2-140.pdf >. Acesso em: 11 de abril 2018.
Publicado
2019-01-11