ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DOS AGREGADOS GRAÚDOS NA ESTABILIDADE DO CONCRETO BETUMINOSO UTILIZADO PARA REVESTIMENTO ASFÁLTICO

  • Diego Holanda dos Santos UniEvangelica
  • Vinícius Fernandes Ferreira

Resumo

Estudar-se-á a influência dos agregados graúdos na estabilidade do concreto betuminoso ideal para revestimento asfáltico. Após a definição do traço ideal com os materiais utilizados, será dosado mais duas misturas, mantendo-se fixo a quantidade da areia, do CAP, e variar-se-á a quantidade de britaara mais e para menos para que seja possível uma análise da influência do agregado graúdo sobre as características mecânicas do CBUQ. Será realizada a caracterização de todos os materiais individualmente para conseguir realizar os cálculos da dosagem ideal. Com os três valores dos ensaios será possível analisar de forma gráfica, uma curva, que indique a evolução da resistência do CBUQ com o aumento e diminuição da proporção do agregado graúdo. A composição do concreto betuminoso deverá satisfazer os valores de tolerância a respeito da granulometria (DNER-ME 083,1998), os ensaios com a mistura serão: índice de vazios, relação betume/vazios, estabilidade mínima (Kgf) todos segundo a norma DNER-ME 043 (1995) e resistência à tração por compressão diametral estática a 25º C segundo a DNER-ME 136 (2010). Todos os ensaios observarão os parâmetros para CBUQ de camada de revestimento (Faixa C) e que se englobam no chamado ensaios Marshall. Os materiais betuminosos se lançados no meio ambiente são extremamente prejudiciais por impossibilitarem a área de revegetar, além disso, a falta de manutenção das rodovias aumenta o gasto com combustível pelos usuários desta o que consequentemente aumenta a poluição do meio ambiente e agrava o efeito estufa pela emissão de gás carbono (UOL, 2012). O Brasil gasta valores acima de R$ 10 milhões na recuperação e manutenção das rodovias por ano (tem-se ano que o valor é muito maior); o produto utilizado que onera o valor gasto é o CBUQ faixa C, essa pesquisa irá propor um CBUQ faixa C ideal para o revestimento asfáltico utilizado em implantações, restaurações e manutenções das rodovias de forma a gastar somente o que for necessário na mistura diminuindo assim os gastos e os impactos ambientais gerados por esse material.

Publicado
2019-01-22
Seção
LACEC Liga Acadêmica Científica de Engenharia Civil