USINAGEM FOTOQUÍMICA

  • Matheus Ribeiro Melo UniEvagélica
  • Marcos Gabriel
  • Vinícius Affonso Pires
  • João Pedro Holanda
  • Sérgio Mateus Brandão
Palavras-chave: Usinagem fotoquímica. Processo. Fabricação.

Resumo

A usinagem fotoquímica (PCM) é um dos principais processos de fabricação para componentes de chapa metálica de precisão. Emprega gravura química através de um estêncil foto-resistido como método de remoção de material em áreas selecionadas. Surgiu na década de 1960 como um desdobramento da indústria de placas de circuito impresso. O processo de usinagem fotoquímica permite a fabricação de peças altamente complexas, como: componentes eletrônicos delicados, implantes médicos, entre outros. Este trabalho tem como objetivo explanar a usinagem fotoquímica desde o seu surgimento até a parte de funcionamento do processo detalhadamente. Com o intuito de mostrar suas vantagens e desvantagens em relação a outros processos de usinagem.

 

Referências

MANUTENCAO e suprimentos: O que é usinagem fotoquímica. 2016. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2018.

METAL Etching: Precision In The PhotoEtchingProcess. 2018. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2018.

POLYTECHNIC University: Photo-ChemicalMachining (PCM). 2012. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2018.
Publicado
2019-01-04
Seção
III SINACEN - Simpósio Nacional de Ciências e Engenharias