APLICAÇÃO DE UM SISTEMA ADSORTIVO EM UM PROCESSO DE REFRIGERAÇÃO POR CHILLER

  • Helio Muniz Pires
  • João Vitor Veloso de Araújo UniEVANGÉLICA
  • Leonardo de Almeida Andrade
  • Roberto Capparelli Marçal
Palavras-chave: Chiller; Adsorção; Refrigeração.

Resumo

Neste trabalho pretende-se apresentar um estudo de eficiência energética para um sistema híbrido de refrigeração composto por um chiller de ciclo frigorífico fechado de compressão a vapor acionado por energia elétrica associado à um chiller adsortivo com leito de sílica-gel utilizando fontes renováveis de energia, no caso o recurso solar. O trabalho apresenta uma modelagem matemática teórica da correlação dos parâmetros e variáveis dos processos termodinâmicos, com simulação do modelo utilizando dados hipotéticos, porém bem próximos da realidade. Nos sistemas de refrigeração que empregam chillers são utilizados ciclos fechados de água que resfriada é levada às unidades evaporadoras para troca de calor e posterior retorno ao chiller para um novo resfriamento. O sistema híbrido propõe a utilização do chiller adsortivo para produção de água gelada que, levada a um reservatório intermediário isolado, será adicionada à água fluxo de retorno com o objetivo de rebaixar a temperatura da água de reentrada no chiller. Na simulação foram utilizadas variações na capacidade do chiller de leito adsortivo para uma determinada capacidade fixa de refrigeração de um chiller convencional e calculado seu novo consumo energético. Para reduções significativas no consumo energético a simulação indica o acréscimo também da massa de sílica-gel empregada no leito adsortivo e seu consequente aumento na dimensão e custo dos equipamentos. Os resultados obtidos indicam que a esta tecnologia pode contribuir em muito para a diminuição do consumo energético, porém para que se obtenha um valor expressivo na redução deste consumo, nesta aplicação, é necessário estudo para o emprego de novos pares adsorvatos-adsorventes para obtenção de um maior valor do COP e equipamentos mais compactos.

Publicado
2019-01-17
Seção
III SINACEN - Simpósio Nacional de Ciências e Engenharias