Usinagem a Laser

  • André Luiz
  • Artur Reis
  • Matheus Nepomuceno Oliveira Unievangelica
  • Nathália Cintra
  • Rafael Leite
  • Sergio Mateus Brandão

Resumo

O processo de usinagem a laser se dá através da estimulação molecular e da posterior transmissão das moléculas para níveis mais baixos de energia, podendo ser realizado em meio solido ou gasoso. O processo é classificado como não convencional, o seu funcionamento pode ser por meio sólido (Nd YAG) ou gasoso (CO2, Excimer),o processo se mostra muito importante nos campos de usinagem, devida a essa importância é necessário o estudo em cima do processo e com base em uma revisão literária é possível conhecer que os parâmetros de controles relacionados a usinagem a laser são diversos, sendo relacionados ao tipo de corte, a ótica de focalização, posição do ponto focal, a velocidade de corte, ao tipo de gás de assistência e sua pressão, ao bico de corte e distância entre o bico e a peça. A questão do custo de utilização deste processo é relacionada principalmente ao custo benefício tendo em vista que evolução tecnológica tem possibilitado, nos últimos anos, a redução do custo do investimento inicial em equipamentos e o aumento da potência destes, credenciando o processo do corte laser como excelente opção não somente por uma avaliação exclusivamente técnica, mas também por uma análise custo x benefício para o corte de metais. A principal utilização é na produção de chapas para as indústrias automobilísticas, transportes, agrícolas e implementos. E o seu uso é recomendado principalmente quando as peças apresentarem formas complicadas e for exigido um acabamento superficial livre de rebarbas na região que é realizada o corte.

 

Publicado
2019-01-17
Seção
III SINACEN - Simpósio Nacional de Ciências e Engenharias