RELATOS DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO CAMPO DE ESTÁGIO - LABORATÓRIO DE FABRICAÇÃO DO CENTRO TECNOLÓGICO

  • Leonardo Bernardo e Silva UniEvangélica
  • Márcio José Dias
  • Sérgio Mateus Brandão
  • Clodoaldo Valverde
Palavras-chave: Corte a seco, Fluído de corte, Viabilidade Econômica

Resumo

O Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA é uma das maiores e melhores instituições de ensino superior de Goiás. Oferece cursos de graduação, pós-graduação e mestrado e tem hoje cerca de 10 mil alunos. A instituição conta com uma estrutura privilegiada com excelentes bibliotecas, laboratórios modernos e um corpo docente altamente qualificado. Este trabalho teve como objetivos relatar as experiências vivenciadas durante a realização do estágio supervisionado obrigatório, realizado no laboratório de fabricação do Centro Tecnológico da Instituição. A carga horária das atividades do estágio foi de 300 horas/aulas, e foram desenvolvidas sob a supervisão dos profs. Márcio José Dias e Sérgio Mateus Brandão, sempre acontecendo no período vespertino. As principais atividades desenvolvidas foi o desdobramento do meu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), o qual originou um artigo científico com a seguinte titulação “Avaliação do torneamento do aço ABNT 1020 em diferentes ambientes de lubrirefrigeração”. A máquina utiliza em questão foi o torno CNC (Comando Numérico Computadorizado) Centur 30D que pertence ao levantamento patrimonial institucional que é utilizado para realização de aulas práticas pelos alunos e professores do Curso de Engenharia Mecânica. Inicialmente foi realizado estudos teóricos sobre os ambientes de fluídos utilizados, e em segundo momento o levantamento do que seria necessário para a realização da coleta de dados. Logo após o levantamento, foi realizada a compra dos itens faltantes bem como, a programação do torno CNC utilizado. Ao finalizar os procedimentos iniciais, foram realizados testes em corpos de provas, para uma melhor coleta de dados, não havendo nenhum tipo de erro na execução da usinagem. Como resultados esperados, foi obtida a comparação de diferentes tipos de ambientes de lubrirefrigeração, no qual foi possível visar a viabilidade econômica, a escolha do fluído para determinado material, no caso o aço ABNT 1020 e o aprendizado prático de umas das atribuições do Engenheiro Mecânico.

Referências

[1] MERCHANT, M. E. An interpretive look at the 20th century research on modeling of machining. Machining Science and Technology, v.2, p. 157-163, 1998.
[2] FERRARESI, Dino. Fundamentos da usinagem dos metais. São Paulo: Blucher, 1970.
[3] Chiaverini, V., “Tecnologia Mecânica”, 2ª Edição, Editora Mcgraw-Hill, São Paulo, 1986.
[4] MIRANDA, Gilberto Walter Arenas. Uma contribuição ao Processo de Furação sem Fluido de Corte com Broca de Metal Duro Revestida com TiAlN. 2003. 175 p. Tese (Doutorado) - Departamento de Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003. Cap. 2. Disponível em: . Acesso em: 12 mai. 2018.
[5] OLIVEIRA, João Fernando Gomes De; ALVES, Salete Martins. Adequação ambiental dos processos usinagem utilizando Produção mais limpa como estratégia de gestão ambiental. Produção, São Paulo, v. 17, n. 1, p.129-138, jan./abr. 2007. Disponível em: . Acesso em: 25 Abril, 2018.
Publicado
2019-01-18
Seção
III SINACEN - Simpósio Nacional de Ciências e Engenharias