O EFEITO DO SOLVENTE NA ESTRUTURA GEOMÉTRICA DO CRISTAL DERIVADO DE CHALCONA

  • Vitória Eduarda Gomes da Silva Universidade Estadual de Goiás
  • Clodoaldo Valverde
Palavras-chave: Solvente, Estrutura Geométrica, Teoria do Funcional da Densidade.

Resumo

Neste trabalho estudamos o efeito do solvente na estrutura geométrica do composto (E)-1-(4-Nitrophenyl)-3-phenylprop-2-en-1-one (Chalcona) de fórmula estrutural C15H11NO3.  Os derivados de chalconas são uma classe de compostos importantes que possuem antiprotozoários, anti-helmínticos, amebicidas, anti-úlcera, atividades antivirais, inseticidas, antibacterianas, anticancerosas, citotóxicas e imunossupressoras. Utilizamos o método de DFT (Teoria do Funcional da Densidade) usando o nível B3LYP/6-311++G(d,p), que trata o solvente por meio de constantes dielétricas (ε). Os cálculos foram realizados numericamente baseado no método dos campos finitos. Foram calculados o desvio padrão (RMSD) e as distâncias máximas nos meios solventes. Os meios solventes utilizados são: clorofórmio (ε = 4,71), diclorometano (ε = 8,93), acetona (ε = 20,49), etanol (ε = 24,85), metanol (ε = 32,61) e dimetil sulfóxido (ε = 46,70). Com os resultados percebemos que, propriedades geométricas de uma molécula se modificam em diferentes meios solventes.Neste trabalho estudamos o efeito do solvente na estrutura geométrica do composto (E)-1-(4-Nitrophenyl)-3-phenylprop-2-en-1-one (Chalcona) de fórmula estrutural C15H11NO3.  Os derivados de chalconas são uma classe de compostos importantes que possuem antiprotozoários, anti-helmínticos, amebicidas, anti-úlcera, atividades antivirais, inseticidas, antibacterianas, anticancerosas, citotóxicas e imunossupressoras. Utilizamos o método de DFT (Teoria do Funcional da Densidade) usando o nível B3LYP/6-311++G(d,p), que trata o solvente por meio de constantes dielétricas (ε). Os cálculos foram realizados numericamente baseado no método dos campos finitos. Foram calculados o desvio padrão (RMSD) e as distâncias máximas nos meios solventes. Os meios solventes utilizados são: clorofórmio (ε = 4,71), diclorometano (ε = 8,93), acetona (ε = 20,49), etanol (ε = 24,85), metanol (ε = 32,61) e dimetil sulfóxido (ε = 46,70). Com os resultados percebemos que, propriedades geométricas de uma molécula se modificam em diferentes meios solventes.

Publicado
2019-01-18
Seção
III SINACEN - Simpósio Nacional de Ciências e Engenharias